sexta-feira, 17 de maio de 2013

Nutricionista - Nível Superior – Parte 02 – Seção 01


Relação de Provas anteriores
Cargo: Nutricionista
01 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Angicos/RN e organizado pela ACAPLAM
02 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Jaboticabal/SP e organizado pela ADVISE
03 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Pratinha/MG e organizado pela ADVISE
04 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Ortigueira/PR e organizado pela AOCP
05 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Lagoa Grande/PE e organizado pela ASCONPREV
06 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Guarujá/SP e organizado pela CAIPIMES
07 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Santo André/SP e organizado pela CAIPIMES
08 - Concurso realizado em 2012, na Prefeitura de Palmeira/SC e organizado pela CEC

Total de 08 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.




Exercícios de fixação

01 - Sobre as providências a serem tomadas para se reduzir custos em um Serviço de Alimentação, assinale a alternativa INCORRETA.
(A) Analisar a aceitação de cardápios, a fim de evitar restos e sobras.
(B) Adequado sistema de recrutamento, seleção e treinamento de pessoal.
(C) Controlar o número de refeições servidas.
(D) Elaborar cardápios de acordo com a entressafra.
(E) Checar manipulação evitando desperdício.

02 - Sobre o IMC, assinale a alternativa correta.
(A) O IMC deve ser interpretado com cuidado em pessoas com pernas curtas em relação à altura, pois os valores de IMC estarão diminuídos, independentes de sua gordura.
(B) Atletas e indivíduos musculosos podem ter IMC na faixa de obesidade, porém são pessoas que tem massa muscular aumentada e não gordura.
(C) Em caso de sobrepeso e obesidade, deve-se utilizar o IMC menor possível.
(D) Na vigência de desidratação, edema e ascite, o IMC mostra-se reduzido.
(E) Este indicador não deve estar associado a outros indicadores.

03 - Assinale a alternativa que NÃO apresenta uma das características da Educação Nutricional.
(A) O objetivo do processo é estabelecido em função das prioridades impostas pelo paciente.
(B) A doença e a consequente necessidade de mudança de hábitos podem ser consideradas uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento pessoal.
(C) Ênfase do processo de modificar e melhorar o hábito alimentar a médio e longo prazo.
(D) As mudanças necessárias ao controle das doenças entre elas as relativas à alimentação, devem ser buscadas numa perspectiva de integração e de harmonização nos diversos níveis físico, emocional e intelectual.
(E) Avaliação objetiva e subjetiva da evolução do paciente.

04 - A respeito da produção de alimentos, de acordo com o Regulamento Técnico Sobre “Condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimento Produtores/Industrializadores de Alimentos”, assinale a alternativa INCORRETA.
(A) Os métodos de conservação e os controles necessários devem ser tais que protejam contra a contaminação ou a presença de um risco à saúde pública e contra a
deterioração dentro dos limites de uma prática comercial correta, de acordo com as boas práticas de prestação de serviço na comercialização.
(B) Todas as operações do processo de produção, incluindo o acondicionamento, devem ser realizadas sem demoras inúteis e em condições que excluam toda a possibilidade de contaminação, deterioração e proliferação de microorganismos patogênicos e deteriorantes.
(C) Os recipientes devem ser tratados com o devido cuidado para evitar toda a possibilidade de contaminação do produto fabricado.
(D) Os alimentos industrializados devem ser acondicionados sobrepostos de maneira a não deixar espaços para a circulação de roedores e traças.
(E) A produção deve ser realizada por pessoal capacitado e supervisionada por pessoal tecnicamente competente.

05 - Em relação à composição do cardápio, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s).
I. Saladas: ao elaborar o cardápio deve-se ter a preocupação de observar que a salada seja composta com alimentos que não componham as demais preparações. Deve-se dar preferência a folhas e legumes com contraste de sabores e não colocar várias folhas ou legumes de sabores fortes ao mesmo tempo.
II. Prato-base: deverá ser composto por arroz e feijão (poderá ser substituído por outro tipo de leguminosa) ou por uma massa. A massa servida como prato-base deve ter um porcionamento equivalente ao do arroz com feijão. Conforme o tipo de massa poderá ser servido como prato único correspondente ao prato-base + prato principal, devendo apenas ser acompanhada de uma guarnição.
III. Prato protéico: no caso em que houver mais de um prato protéico, apresentar tipos de carnes diferentes. Deve haver também um equilíbrio em relação ao modo de preparo. Se uma das carnes for com molho, a outra opção deverá ser uma preparação mais seca. Evitar mais de uma fritura.
IV. Guarnições: deve-se lembrar que em locais que são servidos dois pratos protéicos e uma guarnição, esta deve servir de acompanhamento para as duas preparações.
Nos casos em que um dos pratos protéicos é uma preparação clássica, o acompanhamento deverá também ser adequado para o outro prato. Nos casos em que uma guarnição é apropriada apenas para determinado prato, como no caso do pirão, se houver outro prato protéico, esse deverá vir com seu próprio acompanhamento.
(A) Apenas I.
(B) Apenas II e III.
(C) Apenas I e IV.
(D) Apenas I, III e IV.
(E) I, II, III e IV.

GABARITO
01 – D
02 – B
03 – A
04 – D
05 – E


Link relacionados:
- A importância do Edital
- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

Nenhum comentário:

Postar um comentário